Tendências na arquitetura:

Tendências na arquitetura pós-pandemia

A pandemia do coronavírus criou uma nova forma de morar. Por isso selecionamos algumas tendências na arquitetura que apontam para onde caminha o nosso novo morar.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

Nós já mencionamos em diversas oportunidades aqui como a pandemia de Covid-19 alterou os conceitos de moradia no mundo inteiro. Novos hábitos, estilos de vida e métodos de convivência ganharam força. Esta realidade se refletiu também nos projetos arquitetônicos das residências. Neste post, vamos discutir algumas dessas tendências na arquitetura pós-pandemia.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: a pandemia trouxe mudanças permanentes nos projetos de arquitetura

Mesmo com a vacinação avançando e os casos da doença, felizmente, virem diminuindo nos últimos meses, é certo que algumas mudanças devem ser incorporadas nas rotina de cada um. Isso porque alguns costumes e medidas de precaução devem permanecer no longo prazo, como higienização constante de ambientes, uso de máscaras obrigatórios em alguns lugares, trabalho remoto mais frequente etc. Circunstâncias que devem modificar permanentemente as características das casas e condomínios, como listado a seguir.

Home office

Sem dúvida, a principal mudança na maior parte das casas durante e depois da pandemia será o espaço para o home office. Antes, poucas casas possuíam escritórios e, na maior parte das vezes, as pessoas precisavam trabalhar na mesa de jantar ou sentadas no sofá da sala. Alguns também utilizavam uma escrivaninha no quarto.

Agora, o escritório é parte integrante de qualquer projeto de residência. E não é apenas um local de trabalho; ele é pensado e projetado como um ambiente corporativo, com todos os atributos que uma empresa oferece , inclusive local para deixar a máquina de café.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: espaços de home office agora se assemelham a ambientes corporativos

Além disso, os projetos a partir de agora também devem contar com ambientes híbridos, ou seja, aqueles usados tanto para trabalho quanto para descanso e lazer. Desta forma, é possível ter mais de uma pessoa trabalhando em ambiente adequado numa casa ao mesmo tempo.

Áreas externas

Os momentos mais críticos da pandemia foram marcados por fortes restrições na circulação de pessoais. Estabelecimentos comerciais, restaurantes e parques ficaram fechados ao longo de meses. Isso desenvolveu uma necessidade entre as pessoas de terem ambientes ao ar livro dentro da propriedade.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: grandes varandas viraram uma tendência na arquitetura pós-pandemia

Os novos projetos feitos em condomínios já preveem amplas varandas para leituras em rede ou em confortáveis cadeiras. Quase todos também possuem piscina e uma porção de grama, onde é possível tomar sol e praticar atividades físicas e de relaxamento, como pilates e ioga.

Os raios de sol nunca foram tão valorizados com são agora.

Mini academia

Assim como o trabalho em casa, os exercícios físicos também podem ter seu espaço destinado na casa. Por isso, boa parte dos desenhos já conta com um espaço reservado onde ficam a esteira, bicicleta ergométrica e alguns aparelhos para musculação.

Obviamente, esta não é uma prioridade, já que boa parte das atividades pode – e deve – ser praticada no ambiente ao ar livre. Mesmo assim, é uma possibilidade em dias de chuva.

Jardim de inverno e plantas

Para ampliar a sensação de contato com a natureza mesmo quando estamos na parte interna da casa, diversos projetos estão apostando em jardins de inverno no meio da sala.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: uso de plantas na decoração aumento, assim como o uso do jardim de inverno

Eles dão a paz e o bem estar necessário para aquelas tardes de leitura no sofá, confraternização entre a família ou quando recebemos os amigos para aquela refeição especial. Também influenciam diretamente na iluminação, ajudando a diminuir a conta de luz.

A decoração das casas também envolve muito mais plantas do que antes. Elas trazem uma sensação de vida ao lugar.

Ambientes coringas

Nas casas mais compactas, é normal que o mesmo ambiente seja usado para mais de uma finalidade. Como, no mundo pós-pandemia, o mesmo espaço pode ser utilizado para mais de um objetivos, os arquitetos já os projetam adaptados para conversão.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: o mesmo ambiente pode servir para diferentes objetivos e usos

Assim, o quarto pode se transformar em poucos minutos num ateliê de costura, ou o escritório pode se tornar uma oficina de robótica – ou talvez uma sala de jogos. Tudo depende da vontade e necessidade do morador.

Construções pré-fabricadas

Outra tendência que se mostra com bastante força neste momento é o de construções pré-fabricadas. Isso se dá pela padronização de projetos, já que durante a pandemia a necessidade de boa parte das pessoas ficou parecida.

Já publicamos aqui um post com todas as informações sobre este tipo de residência. Confira!

Áreas comuns mais completas

Nos condomínios, a arquitetura dos clubes e áreas de convivência também mudou. No que diz respeito ao urbanismo dos empreendimentos, há mais praças e locais de lazer espalhados entre os lotes.

Muitos empreendimentos também passaram a investir pesado em estabelecimentos comerciais. Alguns possuem supermercados completos, salões de beleza, lojas de conveniência de materiais de construção.

Nessas áreas comuns, também surgiu a importância do conceito da ‘saudabilidade’, onde já existe, protocolos pré-definidos de comportamento e higienização, independentemente da existência ou não de epidemias.

Construções pré-fabricadas

Outra tendência que se mostra com bastante força neste momento é o de construções pré-fabricadas. Isso se dá pela padronização de projetos, já que durante a pandemia a necessidade de boa parte das pessoas ficou parecida.

Já publicamos aqui um post com todas as informações sobre este tipo de residência. Confira!

Resumindo

O mundo pós-pandemia será um pouco diferente daquele que existia antes da Covid-19. Por mais que a rotina das pessoas aos poucos volte ao normal, é inegável que costumes e necessidades vieram para ficar. Por conta disso, os projetos de arquitetura das casas já são concebidos levando em conta essa nova demanda, que engloba.

Tendências na arquitetura:
Tendências na arquitetura: áreas comuns agora são mais importantes
  • Espaços para home office: pelo menos um escritório e ambientes híbridos que podem se transformar em um.
  • Mas áreas externas: grandes varandas, piscinas e local para atividades físicas
  • Mini academia: para dias de chuva, um ambiente com bicicleta ergométrica e esteira.
  • Jardins de inverno: para realçar a sensação de contato com a natureza.
  • Espaços coringa: ambientes adaptáveis conforma a necessidade do morador
  • Construções pré-fabricadas: projetos padrão que englobam todas essas necessidades.

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2