Declarar seu imóvel no IR

Como declarar seu imóvel no Imposto de Renda 2021

Quem tinha, comprou, vendeu ou doou um imóvel em 2020 precisa informar à Receita Federal na declaração do Imposto de Renda 2021. Mas como fazer a declaração pode gerar bastante dúvida, separamos alguma dicas para te ajudar no processo.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

Você provavelmente acha a tarefa de declarar o Imposto de Renda todos os anos bem chata. E acredite: todos concordam com você. Porém, por se tratar de uma coisa bem desestimulante, muitos têm a ideia de que também é algo difícil, sobretudo quando você se depara com uma situação nova. Como declarar seu imóvel no IR, comprado ou herdado no ano anterior, pode ser uma delas.

Declarar seu Imóvel no IR
Declarar seu imóvel no IR é tarefa bem simples, apesar de não parecer

Na verdade, se você se informar bem, é muito mais fácil do que parece. Em outro post, já explicamos como funciona o IR e quais são as principais dicas na hora de declará-lo. Aqui e agora, você verá a maneira correta de declarar um imóvel, sendo casa, apartamento ou terreno, para o Leão.

Obrigação em declarar o imóvel

Todas as pessoas que possuem um imóvel com valor acima de R$ 300 mil devem declarar o Imposto de Renda 2021. Isso se aplica, inclusive, para quem recebeu menos de R$ 28.559,70 em rendimentos no ano passado ou que não tenha recebido auxílio emergencial.

Mas por qual valor este imóvel deve ser declarado? Por mais estranho que possa parecer, a Receita Federal não permite que o valor de um imóvel seja atualizado ano a ano, mesmo que haja valorização ou incidência de inflação. Neste caso, o valor a ser declarado deve ser sempre aquele pelo qual o imóvel foi adquirido.

No caso de herança, vale o valor que estava especificado na declaração do antigo proprietário, já falecido.

Onde declarar o seu imóvel?

É muito simples. Ao baixar o programa de declaração no site da Receita Federal, você deve procurar pela aba “Bens e Direitos”. Nela, é preciso especificar qual é o tipo de imóvel que você quer declarar. Se for um apartamento, você deve selecionar a linha 11. Se for uma casa, a linha 12 e, se for um terreno, a linha 13.

Declarar seu Imóvel no IR
Seu imóvel deve ser declarado na aba Bens e Direitos

Após a inclusão do item, basta preencher o valor com base no último contrato de compra e venda ou com base na declaração do ano anterior, já que, mais uma vez, o valor não muda.

Declarar seu imóvel financiado

Quando você financia um imóvel, a Receita entende que ele é seu na mesma proporção do quanto já foi pago. Ou seja, neste caso, você deve especificar o valor que deu de entrada, somado com o valor total das parcelas pagas. Neste caso, o valor do imóvel no ano anterior deve ser igual a R$ 0.

Por exemplo, você comprou um imóvel em 2020 e pagou R$ 50 mil de entrada e mais cinco parcelas de R$ 5 mil. Neste caso, deve colocar R$ 0 em “situação em 31/12/2019” e colocar o valor de R$ 75 mil (R$ 50 mil de entrada mais 25 mil em parcelas) em “situação em 31/12/2020.

Caso o imóvel tenha sido comprado no ano anterior, você deve somar as parcelas pagas em 2020 com as já pagas em 2019. Assim, tendo pago por exemplo R$ 80 mil em 2019 e 12 parcelas de R$ 5 mil em 2020, o valor total a ser declarado é de R$ 140 mil.

Caso o imóvel já tenha sido quitado em 2019, basta repetir o valor em 2020.

Como declarar a venda de imóvel

Quando você vende um imóvel, precisa declarar a operação para pagar o imposto referente ao ganho de capital. Neste caso, a situação final de 2019 deve ser o valor total do imóvel e a situação final de 2020 deve ser igual a R$ 0.

Declarar seu Imóvel no IR
A venda deve ser declarada com valor do contrato e identificação do comprador

Importante mencionar que neste caso, você deve também declarar quem foi o comprador do imóvel, identificando-o pelo CPF ou CNPJ, no caso de empresa. O valor do imposto sobre a venda de um imóvel é de 15%, calculado com base na diferença entre o valor de compra e o valor de venda.

Quer dizer que se você tinha ou comprou um imóvel de R$ 100 mil e depois o vendeu por R$ 150 mil, pagará o montante de 15% em cima dos R$ 50 mil de ganho.

Como declarar a reforma de um imóvel

Se você por acaso fez reformas nesse imóvel, pode declarar o que foi gasto durante o serviço. Para fazer isso, basta estrar na aba de Bens de Direitos e selecionar a linha número 17, que diz respeito às benfeitorias. Neste caso, porém, é preciso ter todos os comprovantes dos serviços, assim como da compra dos materiais. Lembre-se de especificar na descrição qual foi o imóvel que recebeu as melhorias.

Como economizar na construção
Você pode declarar a reforma no seu imóvel para diminuir o imposto na hora da venda

Mas você pode se perguntar: por que deveria declarar uma reforma? Isso se reflete quando o imóvel for vendido. Quando uma reforma é feita, o valor gasto pode ser somado no valor original do imóvel, aproximando-o do valor de venda. Logo, o cálculo do imposto fica menor.

Se você comprou por R$ 100 mil, gastou R$ 20 mil em reformas e vendeu por R$ 150 mil, o valor do imposto incide sobre R$ 30 mil e não R$ 50 mil.

Isso ainda é mais importante quando falamos de terrenos, pois a construção completa de uma casa valoriza muito o valor do imóvel. Logo, é imprescindível guardar todos os comprovantes para evitar um imposto muito grande.

Resumindo

Declarar um imóvel, sua compra ou venda no Imposto de Renda é uma tarefa bem simples. Todos os imóveis devem ser declarados e, mesmo quem é isento de declaração por faixa de renda, precisa declarar se tiver propriedade acima de R$ 300 mil.

O imóvel deve ser declarado na aba de Bens e Direitos e o valor não sofre alteração durante os anos, apenas quando ocorre a venda. No caso de imóveis financiados, o valor a ser declarado é o do montante já pago.

Quando se trata da venda, você deve declarar o valor pelo qual o imóvel for vendido para pagar o imposto de 15% com base na diferença do valor de compra. Lembre-se de identificar o comprador.

No caso de reforma ou construção, você pode declarar o valor gasto para que, quando ocorrer a venda futura, este montante seja acrescido no valor do imóvel e assim diminua o total do imposto a ser pago.

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2