Giro de notícias do Mercado Imobiliário #2

Confira as principais notícias que movimentaram o Mercado Imobiliário durante a semana.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

O ano de 2021 continua com um cenário muito positivo para o mercado imobiliário em geral. Entre notícias de recordes de financiamento de compras de imóveis, vemos que as principais incorporadoras do mercado estão apresentando resultados financeiros muito bons, como destaca o portal Seu Dinheiro. Além disso, existe a perspectiva que o as transações imobiliárias devem ser facilitadas ainda mais com o PIX.

Por outro lado, segundo o portal Valor Investe, existe a preocupação de a alta da inflação comece a pesar nos financiamentos, uma vez que o índice é levado em conta no reajuste. Por fim, também trazemos algumas curiosidades, como fato dos fundos imobiliários estarem mais próximos ao mercado de loteamentos, conforme destaca o Valor Econômico, e algumas dicas de decoração simples e rápidas para sua casa.

.

Loteamento
Mercado Imobiliário

.

Seu Dinheiro

Mercado imobiliário está aquecido neste começo de ano, segundo resultados de incorporadoras

O mercado imobiliário está bastante aquecido neste começo de ano, como demonstram as prévias operacionais do primeiro trimestre sendo divulgadas pelas construtoras e incorporadoras. Depois de Cyrela (CYRE3), Direcional (DIRR3) e Moura Dubeux (MDNE3) apresentarem números considerados robustos pelos analistas, foi a vez de JHSF (JHSF3), Cury (CURY3) e Mitre (MTRE3) divulgarem seus resultados para o período. Leia mais

.


.

Agência Senado

Senado aprova projeto que permite atualização de valor de imóvel no IR

O Senado aprovou nesta quinta-feira (15) projeto que institui o Regime Especial de Atualização e Regularização Patrimonial (Rearp), o qual permite a atualização do valor de bens móveis e imóveis e a regularização de bens e direitos que tenham sido declarados incorretamente no Imposto de Renda. O PL 458/2021, do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), teve parecer favorável do senador Marcos Rogério (DEM-RO), na forma de um substitutivo, e segue agora para análise da Câmara dos Deputados. Leia mais

.


.

Portal Radar Imobiliário

Dicas para mudar a decoração de casa de forma rápida e simples

O brasileiro passou muito mais tempo em casa em 2020, o que incentivou o desejo de fazer reformas. Dados do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que a demanda por pequenas obras em casa aqueceu o mercado durante a pandemia.Um levantamento feito pelo aplicativo GetNinjas a pedido do portal Metrópoles indica que houve 2,8 milhões de solicitações de serviços de reforma entre abril e novembro de 2020 no app. O resultado é 75% maior que o mesmo período de 2019. Leia mais

.


.

Portal Publicidade Imobiliária

Transações imobiliárias devem ser facilitadas com PIX

Indicado pela ONU como uma das quatro megatendências para o século 21, o envelhecimento populacional abre um oceano de oportunidades para negócios dos mais variados setores. No Brasil, que será o sexto país do mundo com maior número de pessoas acima de 60 anos em 2050, a longevidade também deve ter impacto na economia como um todo. O mercado imobiliário tem a faca e o queijo na mão para atender a essa demanda, mas deve ficar atento. Ela pode parecer pontual e específica à primeira vista, mas na verdade é extremamente diversificada e complexa. Leia mais

.


.

Valor Investe

Inflação em alta começa a pesar nos financiamentos imobiliários atrelados ao IPCA

Além dos juros baixos e da demanda reprimida, um dos grandes trunfos dos bancos para alavancar o crédito imobiliário tem sido a diversificação das linhas. Até 2019, a oferta era, basicamente, de operações com taxas fixas anuais mais a variação da taxa referencial (TR). Nos últimos anos, as instituições lançaram modalidades como os financiamentos indexados ao índice de inflação IPCA, ao retorno da poupança ou ainda atrelados a uma taxa prefixada, sem variação. Leia mais

.


.

Valor Econômico

Diversificação de FII inclui loteamentos e cemitérios

Os fundos de investimento imobiliário (FII) estão na carteira de cerca de 1,2 milhão de investidores pessoa física no Brasil. Isso significa o dobro de investidores de FII em 2019 e mais de dez vezes o total alcançado em 2012, que foi de 100 mil. Após percalços na última década, a indústria de FII despontou nos últimos dois anos.Segundo dados do Anuário Uqbar FII 2021, o mercado secundário de FIIs movimentou mais de R$ 200 milhões por pregão em 2020, com 100 mil negócios diários. Em 2012, foram registrados, em todo o ano, 100 mil negócios, e o volume movimentado por FIIs no mercado secundário somou R$ 1 bilhão. Leia mais

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2