Mercado Imobiliário

Giro de notícias do Mercado Imobiliário #16

Novas regras de segurança e privacidade nos condomínios, casas por assinatura e aumento considerável de locações no interior de SP. Essas e outras notícias que se destacaram nessa semana você lê no nosso #GiroDeNotícias do Mercado Imobiliário.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

A lei geral de proteção de dados trouxe consequências também para os condomínios, que precisa se adequar em relação às informações usadas no controle de acesso de moradores e visitantes, conforme mostra reportagem do jornal O Globo. Entre as tendências, destaca-se a apresentada pelo portal UOL, de casas e apartamentos por assinatura. O mercado, por sua vez, continua aquecido, com bons números de vendas no Rio Grande do Sul e interior de São Paulo, de acordo com Jornal do Comércio e G1. Confira as notícias da semana.

.

O Globo

Condomínios se adaptam a novas regras de privacidade

Em vigor desde setembro de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que estabelece diretrizes para coleta, processamento e armazenamento de dados pessoais, tem o objetivo de garantir a privacidade de cada cidadão. Síndicos de grandes residenciais, onde são comuns tecnologias como biometria, reconhecimento facial e identificação de placas de veículos integradas aos sistemas de segurança, estão ainda mais atentos às mudanças. Saiba mais

.


.

O Estado de S. Paulo

Demanda por imóveis pode disparar no 2º semestre

O mercado imobiliário brasileiro pode viver o melhor semestre do século 21. Segundo a última pesquisa da Datastore, empresa de pesquisas de mercado para o setor imobiliário, que entrevistou 1.647 pessoas entre 4 de junho a 2 de julho, o índice de intenção de compra nos segmentos popular, médio padrão e alto luxo em todo o País chega a 28,7%. Os números indicam que mais de 14,5 milhões de famílias teriam intenção de adquirir um imóvel nos próximos 24 meses. Saiba mais

.


.

Jornal do Comércio

A pandemia e o mercado imobiliário em Porto Alegre

A taxa de velocidade de vendas (relação de unidades vendidas sobre a oferta total) de imóveis novos em Porto Alegre foi de 10,6% em junho, contra 7,8% do mês imediatamente anterior, conforme o Panorama do Mercado Imobiliário – Porto Alegre, pesquisa elaborada mensalmente pelo Sinduscon-RS, em parceria com a Alphaplan – Inteligência em Pesquisas e a Órulo. É a comprovação de que o setor vai bem, mesmo na pandemia. Saiba mais

.


.

UOL

Casa por assinatura reduz burocracia e inclui luz e internet

Alugar um apartamento pode ser trabalhoso diante de toda a documentação exigida por imobiliárias. No entanto, um novo modelo de locação, mais rápido e menos burocrático, tem ganhado cada vez mais espaço em diversas cidades do país: a “moradia por assinatura”.Trata-se de locações de imóveis reformados e equipados sem a necessidade de fiador e comprovação de renda. Saiba mais

.


.

G1

Procura por locações cresce e corretores enxergam busca por tranquilidade no interior de SP

Uma pesquisa divulgada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CRECI-SP) apontou um aumento considerável na procura por locações no interior paulista. Segundo o levantamento, que consultou 908 imobiliárias em 37 cidades de todo o estado, o interior de SP apresentou alta de 12,86% na quantidade de casas e apartamentos alugados entre os meses de abril e maio. Saiba mais

.


.

A Gazeta

Quanto eu pago de imposto se vender um imóvel com lucro?

Na prática, não há distinção de uma comercialização de produtos. Se a venda for por um valor maior do que o valor da compra, houve lucro na operação. O ponto de atenção aqui é o imposto sobre a venda. A pergunta da maioria das pessoas está relacionada ao tamanho da famosa “mordida do Leão” e, também, como se livrar dela. Saiba mais

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2